thais rocholiPor Thais Oliveira

Minha câmera é a “minha droga” sem efeitos colaterais, tem me feito viajar no bom humor, muito além disso, ela me leva para dentro de mim e me dá permissão para que eu divida com os outros o que eu sinto. Por sorte e bênção, tive uma infância marcada por amor e amizade, desde sempre gosto de capturar a alegria em fotos. O mais importante é procurar desenvolver a audição, a visão, o tato e apreciar toda a beleza e paixão da vida cotidiana.

É claro que se eu fosse optar por uma palavra que definisse o fotógrafo, seria: criar conexões. Estou interessada em criar vínculo com todas as pessoas que estão em minha vida. Com todas aquelas que já me visitaram em casa, que sentaram na varanda comigo, que me pediram opiniões sobre roupas, que me incentivaram a escrever, que me levaram para fotografar em viagens aventureiras de carro, que me deram dicas de livros para ler, que tiveram  o carinho de ler meus escritos e que ainda me ajudaram a escrevê-los melhor, com aquelas pessoas que me levaram para ver passarinhos me ajudando a identificar cada espécie… Todos têm essa conexão comigo e tenho plena certeza que encontrar novas formas de vê-las é encontrar novas formas de vivê-las.

Jamais me esquecerei que uma fotografia inesquecível é aquela que é capaz de reunir individualidade e prazer de dividir! Não é aquela que possui a melhor técnica, mas a que possui conexão mais íntima e profunda com o momento, de tal forma que o expectador a sinta!

My camera is “my drug”

By Thais Oliveira

My camera is “my drug” with no side effects, it has made me travel in a good mood, beyond that, it takes me inside me and gives me permission to share with others what I feel. By luck and blessing, I had a childhood marked by love and friendship, since I always like to capture the joy in photos. The most important thing is to seek to develop hearing, sight, touch and to appreciate all the beauty and passion of everyday life.

Of course, if I were to choose a word that defined the photographer, it would be: creating connections. I am interested in bonding with all the people in my life. With all those who have already visited me at home, who sat on the porch with me, who asked me for opinions on clothes, who encouraged me to write, who took me to photograph on adventurous car trips, who gave me tips on books to read, with those who had the affection to read my writings and who even helped me to write them better, with those people who took me to see birds helping me to identify each species … Everyone has this connection with me and I am pretty sure to find new ones. One way to see them is to find new ways to live them.

I will never forget that an unforgettable photograph is one that is capable of bringing together individuality and the pleasure of sharing! It is not the one that has the best technique, but the one that has the most intimate and deep connection with the moment, so that the viewer feels it!

minha cÂMERA É A MINHA DROGA..png

%d blogueiros gostam disto: