IMG_7369 (2).JPG

Por Thais Oliveira

Não sei com vocês, mas as vezes acordo um pouco mais cedo e vou dormir um pouco mais tarde, tento aproveitar totalmente os preciosos raios de luz natural da minha janela durante o dia! Como me importo com o equilíbrio busco sempre energia pela manhã nas caminhadas matinais.

Mas hoje o que vou falar é sobre um assunto que vai deixar suas anteninhas ligadas! Estilo… muitas vezes é algo sonhado, outras vezes idealizado, mas o que vem a ser aquele toque especial? Estilo, vai muito mais além do que se vestir com roupas caras. É atitude!

Tanto na literatura quanto na pintura, na música e em todas as artes, estilo, que muitas vezes é caracterizado com uma definição pretensiosa ou arrogante é, na verdade,  uma forma simples de se expressar e de viver!

O estilo de um escritor ou poeta é a sua maneira de se comunicar, Shakespeare é diferente de Dante. Como outros tantos se diferem!

O significado de estilo, no seu sentido mais restrito ou no seu significado mais amplo, é suficiente para aumentar a percepção de que sua definição não apenas está restrita no todo, mas deve ser  apropriada somente para definir qual é o seu estilo. A  única coisa que pode nos definir é o signo ou símbolo, pois a partir dos signos somos identificados. Os resultados com base nessa simbologia são consequências de como somos reconhecidos ou julgados!

O estilo não é nada em qualquer roupa, exceto a maneira de se expressar! Estilo é comportamento abstrato que não existe em si mesmo; e nenhum  visual “hiper produzido” ou texto “bem escrito” possuem as mesmas razões ou as mesmas qualidades de outro visual “hiper produzido” ou texto “bem escrito”. Isso muitas vezes é mal interpretado no campo da Estética e Retórica (arte da palavra).

Estilo é uma habilidade para cuidar de si ou ser sem querer parecer! Estilo é comportamento natural, é um chique que está inerentemente ligado a pessoa,  que nada tem haver com ter condições financeiras. Estilo é ser chique sem esforço! Aquilo que vai dominar a sua aparência não é a mesma coisa daquilo que você estudou!

Um cabelo despenteado ou um pouco de negligência de vez em quando, para alguns pode parecer desleixo, mas para outros naturalidade de um estilo.

Algumas pessoas podem dizer que sou um fiasco como escritora, outras podem afirmar que meus textos são bons, tudo vai depender do estilo. E, de fato, nem aquilo que é bem corrigido ou perfeitamente claro é um estilo.  Nem também se pode impor um estilo para as pessoas. O que se pode ensinar é o sujeito antes do verbo, mas  estilo cada um tem o seu!

O estilo é algo individual,  bom ou ruim,  uma pessoa tem um “estilo” apenas na medida em que lhe pertence.

Não é nobreza, nem profundidade das ideias,  também não é riqueza, nem é originalidade ou novidade: ideias ou roupas simples foram muitas vezes adornadas com um estilo admirável. Em contrapartida, os excessos ou ideias  muito originais não são suficientes para fazer de alguém um grande escritor, consultor de imagem, marketing ou seja lá o que for!

Portanto, deixe de lado o medo de errar, seja você e descubra qual é o seu estilo!

%d blogueiros gostam disto: